SET promove Seminário de Tecnologia em Porto Alegre

Entre os assuntos estão as tecnologias disruptivas como a inteligência artificial, os desafios tecnológicos da TV e o futuro do rádio num ambiente de novos hábitos, bem como os aspectos regulatórios da indústria de broadcast

Porto Alegre recebe, nos dias 6 e 7 de junho, o seminário de tecnologia audiovisual SET Sul 2018, uma realização da SET, associação de abrangência nacional que reúne os profissionais de tecnologia da cadeia produtiva do setor. O evento acontecerá no Auditório da UniRitter, das 9h às 18h. Para se inscrever, basta acessar o site da SET www.set.org.br.

Os temas para a edição 2018 foram atualizados com base nos acontecimentos tecnológicos em discussão na última edição do NAB Show e nos destaques do Brasil e da Região Sul.

"Toda a cadeia de produção e os aspectos regulatórios serão contemplados durante o encontro. É um momento singular para todos os que estão envolvidos na produção e distribuição de conteúdo audiovisual", pontua o vice-presidente da regional Sul da SET e coordenador do evento, Caio Klein.

O formato é de painéis, nos quais três ou quatro palestrantes, todos lideranças em seus segmentos de atuação, apresentam rapidamente cases, produtos e serviços. A seguir, o moderador abre a discussão com a audiência, promovendo a interatividade, o networking e a troca de conhecimentos.

"O momento agora demanda empresas, profissionais e escolas cada vez mais atentos às transformações digitais e às novas exigências do mercado e do público em ambientes multiplataforma, multitelas e em múltiplos dispositivos. Os seminários regionais da SET buscam promover a troca de conhecimentos, o aperfeiçoamento e o debate sobre o futuro da cadeia produtiva do setor audiovisual no Brasil", explica a presidente da SET, Liliana Nakonechnyj.

Podem participar profissionais, executivos, estudantes e pesquisadores dos setores de TV, cinema, rádio, vídeo streaming, novas plataformas, produção, distribuição, transmissão, áudio, imagem e comunicação em geral.

Mantida desoneração da folha de pagamento para radiodifusão

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na noite de quarta-feira (23), o projeto de lei que prevê a reoneração da folha de pagamento para 28 dos 56 setores hoje desonerados. Somente a partir de 2021 haverá a oneração da outra metade.

O setor de comunicação, rádio e televisão, considerado gerador de emprego e renda, foi mantido no regime de desoneração da folha de pagamento e com recolhimento da contribuição previdenciária de 1,5% sobre a receita bruta.

"Essa conquista é resultado do trabalho da ABERT e de toda a radiodifusão junto aos parlamentares e ao Ministério da Fazenda. Foi reconhecida a relevância do setor, em especial como atividade intensiva na geração de mão de obra direta e de qualidade, e que, hoje, investe, pesadamente, no processo de modernização de suas atividades, com a digitalização da TV e migração do rádio AM para o FM", destaca o diretor geral da ABERT, Cristiano Lobato Flores.

O projeto ainda tem que ser analisado pelo Senado, o que, de acordo com o presidente da Casa, Eunício Oliveira (MDB-CE), está previsto para acontecer em duas semanas.

Fonte: Abert

TX 30 de Maio é R$ 45,40

O TX 30 de Abril é de R$ 45,40, com variação de 3,37% sobre os últimos 12 meses. Já a variação mensal foi de zero vírgula 31 por cento.

Entidades da Radiodifusão do PR, SC e RS lançam o GSul em Brasília

As entidades representativas das emissoras de Rádio e Televisão do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul lançaram nesta quarta-feira (18), na Câmara dos Deputados, em Brasília, o "GSul", iniciativa que pretende destacar as potencialidades da Região. O evento reuniu os parlamentares das três bancadas do Sul no Congresso Nacional.

O movimento é resultado de uma ação conjunta e inédita da Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT, a Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná – AERP, a Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão – AGERT e dos três Sindicatos das Empresas de Rádio e Televisão da Região.

A região é responsável por quase 17% do PIB brasileiro, que apresenta as menores taxas de desemprego, as maiores expectativas de vida (com SC na liderança), além do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul figurarem entres os cinco estados com melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Apesar da potência econômica e social, a representação política não corresponde à importância da Região, que conta com apenas 77 deputados federais, o que representa 15% da Câmara Federal.

Para o presidente da Agert, Roberto Cervo Melão, trata-se de uma iniciativa inédita que visa o fortalecimento da mídia dos três Estados do Sul. 

Os senadores Ana Amélia Lemos (PP), Lasier Martins (PSD) e 19 parlamentares gaúchos participaram do evento.Também prestigiaram o lançamento o deputado federal Alex Canziani, presidente da Frente Parlamentar da Mídia Regional, Paulo Tonet, presidente da ABERT e André Dias, diretor Institucional da Abratel.

Fonte: Acaert/Aerp


Rádio AGERT

Modelos econômicos e comerciais serão debatidos na Semana Arrozeira

A presidente da Associação dos Arrozeiros de Alegrete, Fátima Marchezan, informa que a 11ª edição da Semana Arrozeira do município debaterá temas importantes para a cultura do grão no Estado. Estão previstas palestras com especialistas e economistas, além de uma programação rural..

Costella diz que se plebiscito for realizado este ano não terá custo para o Estado

O deputado Juvir Costella, do MDB, defendeu a realização de plebiscito este ano para definir o futuro da CEEE, CRM e Sulgás. Conforme o parlamentar, a consulta popular realizada junto com as eleições não teria custo para o cidadão gaúcho.

Congresso da Federasul terá a presença dos candidatos ao governo do Estado

A presidente da Federasul, Simone Leite, falou à Rádio Agert sobre o 14º Congresso da entidade, que será realizado em Gramado. Com o tema "Dsenvolver e Transformar", encontro receberá candidatos ao governo do Estado.