Mantida desoneração da folha de pagamento para radiodifusão

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, na noite de quarta-feira (23), o projeto de lei que prevê a reoneração da folha de pagamento para 28 dos 56 setores hoje desonerados. Somente a partir de 2021 haverá a oneração da outra metade.

O setor de comunicação, rádio e televisão, considerado gerador de emprego e renda, foi mantido no regime de desoneração da folha de pagamento e com recolhimento da contribuição previdenciária de 1,5% sobre a receita bruta.

"Essa conquista é resultado do trabalho da ABERT e de toda a radiodifusão junto aos parlamentares e ao Ministério da Fazenda. Foi reconhecida a relevância do setor, em especial como atividade intensiva na geração de mão de obra direta e de qualidade, e que, hoje, investe, pesadamente, no processo de modernização de suas atividades, com a digitalização da TV e migração do rádio AM para o FM", destaca o diretor geral da ABERT, Cristiano Lobato Flores.

O projeto ainda tem que ser analisado pelo Senado, o que, de acordo com o presidente da Casa, Eunício Oliveira (MDB-CE), está previsto para acontecer em duas semanas.

Fonte: Abert

TX 30 de Maio é R$ 45,40

O TX 30 de Maio é de R$ 45,40, com variação de 3,37% sobre os últimos 12 meses. Já a variação mensal foi de zero vírgula 31 por cento.

Entidades da Radiodifusão do PR, SC e RS lançam o GSul em Brasília

As entidades representativas das emissoras de Rádio e Televisão do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul lançaram nesta quarta-feira (18), na Câmara dos Deputados, em Brasília, o "GSul", iniciativa que pretende destacar as potencialidades da Região. O evento reuniu os parlamentares das três bancadas do Sul no Congresso Nacional.

O movimento é resultado de uma ação conjunta e inédita da Associação Catarinense de Emissoras de Rádio e Televisão – ACAERT, a Associação das Emissoras de Radiodifusão do Paraná – AERP, a Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão – AGERT e dos três Sindicatos das Empresas de Rádio e Televisão da Região.

A região é responsável por quase 17% do PIB brasileiro, que apresenta as menores taxas de desemprego, as maiores expectativas de vida (com SC na liderança), além do Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul figurarem entres os cinco estados com melhor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH).

Apesar da potência econômica e social, a representação política não corresponde à importância da Região, que conta com apenas 77 deputados federais, o que representa 15% da Câmara Federal.

Para o presidente da Agert, Roberto Cervo Melão, trata-se de uma iniciativa inédita que visa o fortalecimento da mídia dos três Estados do Sul. 

Os senadores Ana Amélia Lemos (PP), Lasier Martins (PSD) e 19 parlamentares gaúchos participaram do evento.Também prestigiaram o lançamento o deputado federal Alex Canziani, presidente da Frente Parlamentar da Mídia Regional, Paulo Tonet, presidente da ABERT e André Dias, diretor Institucional da Abratel.

Fonte: Acaert/Aerp

Edital para Eleição de vice-presidentes da Agert dia 26/04

Segue em anexo, o Edital de Convocação, para reunião de Assembleia Geral Extraordinária, que será realizada, no dia 26 de abril, às 8h30min, em primeira chamada, e às 9 horas, segunda e última chamada, na sede da Agert, localizada na Rua Riachuelo, 1098, conj. 204, em Porto Alegre, com a seguinte ordem do dia:

1. Eleição do vice-presidente de informática e novas tecnologias;

2. Eleição do vice-presidente regional Planalto.