Eleita a diretoria da Agert para o biênio 2019-2021

Assembleia Geral da Agert realizada nesta quinta-feira (24/10) elegeu a chapa única para a diretoria da entidade no Biênio 2019 -2021. Foi reconduzido como presidente Roberto Cervo (Melão), 19 vice-presidentes e 17 diretores.

Confira a nominata completa:

Presidente: Roberto Cervo (Melão)

Vice-Presidente Administrativo: Pedro Ricardo Hipp Germano

Vice-Presidente de Capacitação: Myrna Ruth Castro Proença

Vice-Presidente de Eventos: Leonardo Meneghetti Pinto da Silva

Vice-Presidente de Finanças: Wanderley Ruivo dos Santos

Vice-Presidente de Marketing: Cezar Freitas

Vice-Presidente Informática e Novas Tecnologias: Carlos Toillier

Vice-Presidente Jurídico: Débora Dalcin Rodrigues

Vice-Presidente Litoral Norte: Thanain Farias Ribeiro

Vice-Presidente Litoral Sul: Renato Gatti Albuquerque

Vice-Presidente Regional Centro: Cláudio Zappe

Vice-Presidente Regional Fronteira: Kamal Zuheir Badra

Vice-Presidente Regional Metropolitano: Reinaldo Gilli

Vice-Presidente Regional Missões: Robriane Raguzzoni Loureiro

Vice-Presidente Regional Planalto: Gerson Pont

Vice-Presidente Regional da Serra: Alceu Ferronato

Vice-Presidente Regional Vale do Jacuí: João Vianei Zasso de Castro

Vice-Presidente Relações Governamentais/Mercado: Antonio Pascoal Donádio

Vice-Presidente Social: José Luis Bonamigo

Vice-Presidente Técnico e Normas: Alessandro Bonamigo Heck

Diretores:

Diretor Administrativo: Carlos Domingos Piccoli

Diretor de Capacitação: Edison Lopes de Bem

Diretor de Conteúdo: Luciano Hintz Mallmann

Diretor de Expansão: Rodrigo Martinelli

Diretor de Inovação: Luis Carlos Dhiel

Diretor de Integração: Hermes Ribeiro de Souza Filho

Diretor do Interior: Vérdi Ubiratan de Moura

Diretor de Marketing: Luis Fernando dos Santos Cardoso

Diretor de Mercado: Marcos Dytz Piccoli

Diretora de Novas Tecnologias: Carlos Fini

Diretor de Normas Técnicas: Marco Gomes

Diretor de Produtividade: Maico Tunes Joanol

Diretor de Relações Institucionais: Eloy Milton Scheibe

Diretor Social: Marcos Romualdo dos Santos

Diretor de Qualidade: Sandro Padilha

Diretor Técnico: Miguel Puretz Neto

Diretor de Redes Sociais: Felipe Kannemberg

Presidente do Conselho Consultivo: Paulo Sérgio Pinto

Conselho Fiscal Efetivo:

Presidente: Antonio Alberto Lucca

Conselheiro: Alcides Zappe

Conselheiro: Márcia Tomasini Paganin

Conselho Fiscal Suplente

Conselheiro: Luis Antônio Badalotti

Conselheiro - Gilmar João Uhry

Conselheiro: Jocelei Luiz Consalter Flôres

Nova Lei Geral de Telecomunicações é sancionada e afasta definitivamente a cobrança do FUST para emissoras de rádio e TV

Foi sancionada, nesta sexta-feira (4), a Lei nº 13.879/2019, que altera a Lei Geral de Telecomunicações. A nova lei é resultado da conversão do PLC nº 79/2016, aprovado pelo Senado Federal, no dia 11 de setembro.

O texto publicado retira, definitivamente, a possibilidade de cobrança do Fundo de Universalização dos Serviços de Telecomunicações (FUST) das emissoras de rádio e televisão.

"A publicação da lei é uma grande vitória para todos os radiodifusores, porque afasta qualquer intenção pública de cobrar o FUST da radiodifusão, que impactaria diretamente no faturamento das emissoras. O tributo, juntamente com o Funttel, incidiria no percentual de 1,5% sobre a receita operacional bruta das empresas" , explica o diretor geral da ABERT, Cristiano Lobato Flores.

Projeto que obriga chip FM em celular é aprovado por unanimidade na CDEICS

O Projeto de Lei 8438/17 que obriga a inserção e ativação do chip FM em todos os celulares fabricados e montados no Brasil foi aprovado, nesta quarta-feira (2), pelos parlamentares presentes na Comissão de Desenvolvimento Econômico, Indústria, Comércio e Serviços (CDEICS) da Câmara dos Deputados. Participaram da votação os deputados Bosco Saraiva (SD/AM), Amaro Neto (Republicanos/ES), Laércio Oliveira (PP/SE), Vander Loubet (PT/MS), Zé Neto (PT/BA), Otaci Nascimento (SD/RR) e Alexis Fonteyne (Novo/SP).

Para o relator Amaro Neto, a aprovação é "uma conquista para os brasileiros".

"A população precisa poder contar com o celular como um novo aparelho para transmissão do rádio. Quero agradecer a cada um dos colegas que deram um voto a favor do nosso relatório e mencionaram o projeto como importante para o setor de radiodifusão e para a sociedade", afirmou o deputado.

A obrigatoriedade do chip FM é uma das prioridades da ABERT, que tem atuado junto ao governo federal e ao Congresso Nacional para que o projeto seja aprovado em definitivo. Para o presidente da ABERT, Paulo Tonet Camargo, a ativação do rádio FM é essencial para a população escutar a programação gratuitamente de onde estiver.

"A aprovação desse projeto de lei na CDEICS é uma grande vitória para o setor. A população brasileira, em especial a de baixa renda, não pode depender de internet para ter acesso à programação do rádio FM no celular. Ter a função do rádio FM no celular não aumentará o preço do aparelho e será um grande aliado da população", destacou Tonet.

O projeto agora segue para a análise da Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), em caráter terminativo, sem necessidade de ser votado pelo plenário.

TX 30 de Outubro é R$ 48,39

O TX 30 de Outubro é de R$ 48,39, com variação de 4,67% sobre os últimos 12 meses. Já a variação mensal foi de zero vírgula zero 29 por cento.