Agert homenageada com a Medalha 100 anos do Rádio no Brasil pelo MCom

Melã - Medalha Minicom

 

 

A Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (Agert) recebeu do Ministério das Comunicações (MCom) a Medalha em comemoração aos 100 anos do Rádio no Brasil.

Ao todo, foram distinguidos 55 radiodifusores, emissoras e personalidades do setor, sendo que a Agert foi a única associação estadual a receber a Medalha.

A solenidade contou com a presença do ministro das Comunicações, Fábio Faria, e lideranças do setor.

Também foi anunciada no evento a isenção da cobrança dos domínios am.br e fm.br para todas as emissoras de rádio que renovarem ou receberem novas outorgas.

Para o presidente da Agert, Roberto Cervo Melão, a homenagem representa uma valorização do rádio gaúcho e do trabalho desenvolvido pela entidade junto aos seus associados.

Agert homenageia o Dia do Radialista

A Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (Agert) saúda o Dia do Radialista, que ocorre nesta segunda-feira (07/11). O trabalho desse profissional é fundamental para o bom funcionamento nas nossas empresas, levando informação, cultura e entretenimento para os nossos ouvintes.

Roberto Cervo Melão

Presidente da Agert

NOTA DE REPÚDIO

A Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (AGERT) em conjunto com o Sindicato das Empresas de Rádio e Televisão do Rio Grande do Sul (SindiRádio) vêm a público manifestar seu repúdio aos atos de hostilidade e agressões sofridos pelos profissionais dos grupos SBT e Band, durante o exercício legal de suas atividades profissionais ao cobrirem as manifestações no centro de Porto Alegre, na tarde desta quarta-feira (2).

De outra parte, manifestamos nossa solidariedade aos profissionais que diligentemente cumprem sua missão de bem informar. Meios de comunicação livres serão sempre um importante pilar do Estado Democrático de Direito.

Roberto Cervo Melão

Presidente AGERT e Sindirádio

TX 30 de Novembro é R$ 61,68

O TX 30 de Novembro é de R$ 61,68, com variação de 5,73% sobre os últimos 12 meses. Já a variação mensal foi de Zero vírgula 95% por cento.

NOTA DE REPÚDIO

A Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (AGERT) manifesta preocupação com as recentes decisões judiciais que determinam a retirada de conteúdos jornalísticos, interferindo na programação das emissoras e cerceando a liberdade de imprensa e de expressão.

A AGERT manifesta sua convicção de que as restrições estabelecidas na legislação eleitoral não permitem interferência na linha editorial e na pauta jornalística dos meios de comunicação, porquanto prevalece no Estado Democrático de Direito à luz dos princípios constitucionais, maior deferência à liberdade de expressão.

Neste sentido, ao renovar sua confiança na Justiça Eleitoral, a AGERT reafirma a defesa da liberdade de imprensa e de expressão para democracia, como direitos inalienáveis do público, vedada qualquer forma de censura, em observância aos direitos e garantias fundamentais ao Estado Democrático de Direito.

Atenciosamente,

Roberto Cervo Melão

Presidente da Agert