Nota de Pesar – Pedro Dias

A Agert comunica com tristeza o falecimento do Sr. Pedro Dias, aos 85 anos em Canela (RS).

Ele foi fundador e ex-diretor das Rádios Clube AM e FM, de Canela. Seu velório está ocorrendo na Capela Master até as 12horas. Logo após, ocorrerá à cerimônia de cremação no crematório da ACM no mesmo município.

Nossos sentimentos aos familiares e amigos.

Roberto Cervo Melão

Presidente da Agert

NOTA DE REPÚDIO da AGERT

A Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (AGERT) vem a público manifestar preocupação com os fatos ocorridos na tarde da última sexta-feira (08), durante a cobertura jornalística de um mandado de busca e apreensão no município de Imbé, quando profissional da Rádio Jovem Pan Litoral, sofreu tentativa de cerceamento de seu trabalho de levar informação ao público.

A AGERT lamenta o episódio e se solidariza com a emissora associada, seus diretores e profissionais, reiterando que a imprensa tem o dever de informar sobre os fatos de interesse da população, direito inalienável do público e essencial ao Estado Democrático de Direito.

Qualquer ato que tente impedir o trabalho da imprensa é uma agressão à liberdade de expressão e tem o repúdio da Agert.

Roberto Cervo

Presidente

Agert saúda o Dia do Rádio

Prezados Associados:

Segue um texto e vídeo do presidente da Agert e vice-presidente da Abert, Roberto Cervo Melão, sobre o Dia dio Rádio, comemorado Dia 25 de Setembro. O material foi produzido pela equipe de comunicação da Abert.

"Nesse dia especial do aniversário da radiodifusão no Brasil, é sempre bom lembrar o papel fenomenal que nós temos na vida do país e das nossas comunidades.

E esse exemplo foi dado durante toda essa crise da pandemia, onde todo setor de radiodifusão desempenhou um papel fundamental, informando e educando milhões de brasileiros sobre o que deveriam fazer para se proteger dessa situação dramática. Foi realmente um momento incrível da radiodifusão brasileira.

Parabéns a todos!"

 

Attachments:
Download this file (Dia do Rádio.mp4)Dia do Rádio.mp4

Movimento Gaúchos Unidos pela Vacina arrecada mais de R$ 1 milhão em doações para 270 municípios gaúchos

Iniciativa, que teve como objetivo acelerar o processo de vacinação no Rio Grande do Sul, apresentou resultados nesta quarta-feira (15), em evento institucional

Mais de R$ 1,1 milhão entregues para 270 municípios a partir da aquisição e da distribuição de 1.898 caixas térmicas equipadas com termômetro à prova d'água e capacidade de 15 litros, 428 caixas de bobinas contendo 16 unidades de gelo rígido cada, 46 freezers horizontais de 534 litros e 40 câmaras de conservação de vacina de 120 litros. Esses são alguns dos resultados da união entre empresas, entidades e veículos do Rio Grande do Sul a partir da articulação estadual do movimento Unidos pela Vacina. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira (15), durante evento institucional para apresentar resultados, agradecer parcerias e marcar o encerramento da atividade local.

Para chegar a esses números, a iniciativa contou com doações de Yara Brasil, Instituto Gerdau e Instituto Helda Gerdau Johannpeter, divididas em duas grandes entregas. A última delas foi anunciada durante o evento: serão R$ 606 mil distribuídos para 29 regiões do Estado, contemplando 262 munícipios. Com os recursos, o Instituto Cultural Floresta (ICF), que é o responsável no Estado por conectar empresas doadoras e regiões amadrinhadas, adquiriu itens fundamentais para a conservação e o transporte das vacinas contra o coronavírus. A Brigada Militar e a empresa Corelog Logística contribuíram com o armazenamento e as entregas dos materiais.

– A vacinação é importante para trazer um pouco mais de normalidade, permitir que nós voltássemos a ter um dia a dia com a economia funcionando, com as pessoas circulando e com empregos sendo gerados. Esse era nosso objetivo: trabalhar para que a vacina chegasse o mais rápido possível para todos – afirmou o presidente do Conselho Consultivo do ICF, Claudio Goldsztein, durante o encontro.

O Unidos pela Vacina foi idealizado pelo Grupo Mulheres do Brasil, presidido pela empresária Luiza Trajano, e reúne empresários e entidades de todo o país. O foco principal é identificar obstáculos em cada um dos municípios do Brasil que possam atrasar a vacinação, como problemas de logística, transporte e armazenamento da vacina, contribuindo com o Programa Nacional de Imunização, liderado pelo governo federal, e com estados e municípios. Para isso, um levantamento foi realizado no Rio Grande do Sul para mapear os gargalos à vacinação. A pesquisa foi enviada para os 497 municípios gaúchos e, desses, 277 responderam fazendo solicitações de auxílio – 39 foram beneficiados na primeira entrega e 262 receberão as doações a partir desta quarta-feira (15), sendo que 31 cidades foram contempladas nas duas ações.

A primeira entrega da mobilização foi realizada em 28 de junho, com uma doação de meio milhão de reais da Yara Brasil. Com a ação, municípios das regiões de Porto Alegre, Pelotas e Cruz Alta tiveram atendidas suas demandas de itens relacionados com armazenamento e logística dos pontos de vacinação com o envio de 725 unidades de caixas térmicas equipadas com termômetro a prova d'água e capacidade de 15 litros.

– Nós, junto com o Ministério da Saúde e com as Secretárias Estadual e Municipal de Saúde, estamos fazendo a nossa parte para que as pessoas possam ter acesso à vacina. Isso é resultado do esforço do poder público, mas vai muito além. É um esforço resultado da sociedade que se envolveu, da comunicação feita pelos órgãos de imprensa e, acima de tudo, pessoas que fazem muito mais que a sua responsabilidade social – disse o prefeito em exercício de Porto Alegre, Ricardo Gomes.

A articulação no Rio Grande do Sul foi anunciada em 5 de março, a partir da mobilização da Federação das Associações de Municípios do Rio Grande do Sul (Famurs), da Associação Gaúcha de Emissoras de Rádio e Televisão (Agert), do ICF e do Grupo RBS, e contou com o apoio de dezenas de entidades como a Federação das Entidades Empresariais (Federasul), do Sistema Fecomércio-RS, do CDL-POA, do Sindilojas POA, do Sindicato das Empresas de Serviços Contábeis (Sescon-RS) e do Conselho Regional de Contabilidade do RS (CRCRS), além de empresas e pessoas, diretamente.

Comunicado de Falecimento - Zélia Schiavo

A Agert comunica com muita tristeza o falecimento da diretora da rádio Águas Claras de Catuípe, Zélia Leni de Almeida Schneider Schiavo, ocorrido no Hospital Unimed Noroeste, em Ijuí. O velório está sendo realizado na capela da funerária Santo Antônio de Catuípe. O sepultamento ocorrerá às 16 horas no Cemitério Municipal de Catuípe. Nossos sentimentos aos familiares e amigos.

Roberto Cervo Melão

Presidente